quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Ave Maria

cheia de graça,
o Senhor é convosco,
bendita sois Vós entre as mulheres,
bendito é o fruto em Vosso ventre,
Jesus.
Santa Maria Mãe de Deus,
rogai por nós os pecadores,
agora e na hora da nossa morte.
Amém.

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Boa companhia

"Dorival Caymmi falou pra Oxum:
Com Silas tô em boa companhia
O céu abraça a Terra,
Deságua o Rio na Bahia

Jêje
Minha sêde é dos rios
A minha cor é o arco-iris
Minha fome é tanta
Planta flor irmã da bandeira
A minha sina é verde amarela
Feito a bananeira
Ouro cobre o espelho esmeralda
No berço esplêndido
A floresta em calda
Manjedoura d'alma
Labar água, sete quedas em chama
Cobra de ferro Oxumaré
Homem e mulher na cama

Jêje
Tuas asas de pomba
Presas nas costas
Com mel e dendê
Aguentam por um fio
Sofrem
O bafio da fera
O bombardeio de Caramuru
A sanha de Ahanguera

Jêje
Sua boca do lixo
Escarra o sangue
De outra
canal do mangue
O Uirapuru das cinzas chama
Rebenta a louça Oxum-Maré
Dança em teu mar de lama."



Nação - Clara Nunes

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Prece às flores

"...Que sonha com a volta
Do irmão do Henfil.
Com tanta gente que partiu
Num rabo de foguete
Chora!
A nossa Pátria
Mãe gentil
Choram Marias
E Clarisses
No solo do Brasil...
Mas sei, que uma dor
Assim pungente
Não há de ser inutilmente
A esperança...
Dança na corda bamba
De sombrinha
E em cada passo
Dessa linha
Pode se machucar...
Asas!
A esperança equilibrista
Sabe que o show
De todo artista
Tem que continuar..."

Que a força destas palavras, na voz mágica de Elis Regina, fortaleça a esperança de duas de tuas lindas flores.
À primeira delas, que vadiamente já se embala nos ventos de Yansã, sopra a certeza de que esta dor não será inútil, que renderá novos frutos. Pois ela já guarda o ensinamento de que o que é nosso está guardado.
À segunda, permita que possa contemplar nas estrelas a face de quem ela é bendito fruto e que, assim como agora, ela possa sentir sempre o amor de tua filha, sua Mãe. Mostre-lhe que ela sempre é uma MARAvilha.
Equilibra elas na corda, tua estrada.
Aponta a direção da dança, a esperança.
E as faça sentir tua arte.



O bebado e o equilibrista - Elis Regina

terça-feira, 10 de novembro de 2009

Pensamentos

Hoje eu pensei em escrever sobre o paraíso que conheci no penúltimo final de semana, precisamente no dia das Bruxas . Um paraíso real que, diferentemente do paraíso bíblico dos jardins do Éden, me fez compreender que pecado seria pensar neste paraíso como um pecado. Inclusive, pensei seriamente em tentar descrever este paraíso aqui...escrever sobre a força da lagoa, sobre as pedras lendárias, sobre o canto dos passarinhos, sobre a luz da fogueira de juncos, sobre o movimento dos ventos, sobre o pão caseiro, sobre o passeio de barco, sobre o pôr-do-sol mais belo já visto. Pensei até em me arriscar escrevendo sobre o encanto irresistível da lua cheia daquele 1 de novembro de 2009. Em resumo, pensei em tudo de bom, e porque não mágico, que faz de ITAPUÃ um paraíso. E...de repente notei algo em comum em todos estes meus pensamentos.

O constante nestes meus devaneios é a presença de um ser iluminado que esteve ao meu lado. A presença de uma menina e de uma mulher. De um útero que gesta vidas dotadas de coração, alma e mente. E ao mesmo tempo, de um bondoso coração, de uma alma transparente e de uma mente pronta a compartilhar/ensinar sobre o que brota de seu pensamento sempre fértil. O que permaneceu no meu pensar são suas duas mãos sempre estendidas e suas muitas palavras sábias, mesmo as debochadas. Seus dois olhos brilhantes e coloridos e suas duas pernas que andam sempre em frente.

O sentido de todos estes pensamentos emanados do paraíso é a presença da minha querida amiga e camarada, mãe e irmã Regina. Uma antiga semente que germinou um univero que, parafraseando Elis Regina, é um "dom, uma certa magia, uma força que nos aquece, uma mulher que merece viver e amar como outra qualquer do planeta".

Por fim, acho que pensei em tudo isso porque percebi que de todos os frutos de Deusa-Mãe que estavam neste paraíso, Regina é o mais valioso deles.
Rê! Que tu estejas presente sempre que houver vida, neste ou em outros tempos. Mas sempre no paraíso para que eu possa te encontrar.


Ps: um outro olhar sobre este paraíso tu podes conferir no blog Regina, Regina:

sábado, 31 de outubro de 2009

quinta-feira, 15 de outubro de 2009

É gripe?

Guaco
Cambara
Assa Peixe
Açoita Cavalo
Angico
Gervã
=
Chá Anti Gripal.

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

Solidariedade à Imperatriz Dona Leopoldina

* Do Samblog

Um dia depois de ter sua quadra destruída pelo temporal, a Imperatriz Dona Leopoldina dá início à reconstrução. E a tarefa não será fácil, nem custará pouco. Na manhã dessa terça, o presidente Maurício Santos voltou ao local e deu início ao mutirão para reerguer a sede da escola.

Ontem, os escombros da cobertura impediam o acesso ao paiol. Hoje, com a remoção dos entulhos, foi possível chegar ao local. Lá, outras surpresas desagradáveis. Além das telhas do paiol terem sido arrancadas pelo vento, o teto da cozinha comunitária desabou.



Mas a Imperatriz pretende ensaiar na sua quadra em breve. Mesmo quando as obras já estiverem sido iniciadas, a escola vai promover suas atividades normalmente, interditando apenas a área que estiver sendo reformada.

Mas para isso, vai precisar de apoio. E ele já está chegando, pelas mãos dos dirigentes de outras escolas de samba do Grupo Especial. O Império da Zona Norte já disponibilizou dois operários das obras de sua quadra para trabalhar na reconstrução da sede da Imperatriz.

Escola abriu conta para doações

Não serão poucos os recursos necessários para reerguer a quadra da Imperatriz. Apenas a limpeza da área custará R$ 2 mil, com contratação de pessoal e aluguel de retroescavadeira. A estimativa inicial para uma nova cobertura é de pelo menos R$ 48 mil.

Uma vistoria será realizada e serão orçados os valores para reformas dos banheiros externos e dos muros laterais, atingidos pelos pilares do telhado que despencaram.

A diretoria da escola conta com a solidariedade dos seus torcedores e simpatizantes. Para isso, abriu uma conta bancária. Todas as doações serão registradas em um painel que será afixado junto ao palco.

Os dados da conta:
Banco do Brasil
agência: 0661
Agência Passo D'Areia
C.C: 45.695-0
S.B.C.R Imperatriz Dona Leopoldina
CNPJ: 87.964.714/0001-06


As doações devem ser feitas com identificação (nome completo e CPF) e podem ser de qualquer valor a partir dos R$ 10.

quinta-feira, 1 de outubro de 2009

Fim de noite com a Rita!

Bwana, Bwana - Rita Lee

sábado, 26 de setembro de 2009

De Mãe pra filho...

"Filhomigo Mick,
amigo de horas más,
de boas horas,
camarada de todas as horas,

ensina-me o que pedes lição.

Aprende o que construí
ensinando:
Nada se sabe
Além

das vivências,
essenciais,
do invisível cotidiano.
Este é o segredo:
ver este invisível.
Viver o inimaginável.
Desconstuir todas as opressões.
Todas.
Ser feliz.

Aí sim, estarás
quase
pronto,
acho eu.

Mestre Mick,
mago Mick.
com carinho,
como todo o carinho,
de quem nunca fica pronta.
Tua quase filha,
Tua quase mãe,
Teu pedaço!"

Regina Abrahão

domingo, 6 de setembro de 2009

Templo de Avalon
"Invoco toda a magia de Avalon,
Templo e morada dos Deuses celtas
Linha tênue que separa esse momento
Pela Deusa as criaturas se fazem presentes
Buscam o equilíbrio e resgatam a sagrada unidade
Que vai muito além do éter dessa névoa de prata
Gnomidas revolvem a terra para as boas novas
Silfos espalham gotículas e renovam o ar de alegria
Salamandras expurgam os tolos do caminho
E as ninfas revelam segredos do transe ascendente
Muitos falam, alguns percebem e poucos entendem
As palavras soltas ao vento, adentram os corações
Despertam emoções adormecidas, jamais esquecidas
Logo a semente estará em seu ventre
Germinando uma era de esperanças renovadas
Apenas por uma questão de tempo desse universo
Paralelo sagrado, programado nas ondas quânticas
Através da figura singela de uma Deusa criança
Corre tempo, busque terra, voe folha
Queime nas fogueiras sagradas e renasça
Através das águas cristalinas da fonte sagrada
Avalon, a terra dos campos verdes e do céu azul...
Estás além das brumas do tempo e da ilusão!"


Rowena Arnehoy Seneween

sábado, 22 de agosto de 2009

Raul vive

Em função dos lamentáveis fatos de ontem, eu acabei me esquecendo de um cara que, inclusive, é o verdadeiro autor da frase que é o endereço do meu blog: Cada um de nós é um universo. Me refiro ao nosso eterno maluco beleza, o mestre Raul Seixas. Ontem, completaram-se 20 anos sem Raul. Mas no meu univero e na minha vida (e garanto que na de muitos outros também), Raul vive todos os dias. Então, deixo o mago reclamar....



Eu também vou reclamar - Raul Seixas

Começando o dia

Depois da tragédia de ontem, nada como começar o dia com uma imagem que nos dê alegria e esperança. E como eu deposito toda a minha esperança nos seres humanos, quero compartilhar com vocês esta foto do meu primo lindo, o João Vitor. O guri tem apenas seis meses, mas já tomou lado: é do time do povo....e isso dá mais alegria ainda. Bom final de semana a tod@s!

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Registro

Eu não poderia deixar de manifestar a minha profunda indignação e tristeza diante da morte do trabalhador rural sem terra Elton Brum, 44 anos, militante do MST, assassinado nesta manhã pela Brigada Militar do RS, no despejo da Fazenda Southall em São Gabriel. Por isso postei o vídeo abaixo, com a música do Chico Buarque - aliás, como o vídeo é de 2006, os dados que aparecem no final estão desatualizados.
Bom, mas o fato é que o que mais me indigna é o porquê do assassinato do Elton, o motivo que levou a Brigada Militar a matá-lo: Elton lutava pela reforma agrária, lutava para fazer valer o que determina a nossa Constituição. Lutava pelo direito de ter um pedaço de terra nessa imensa terra chamada Brasil. Acho que numa única frase dá pra dizer que Elton morreu porque lutava por democracia. Mas esse é o jeito, e aqui, me refiro ao velho jeito Yeda, ao velho jeito tucano, de tratar os movimentos sociais, os trabalhadores e suas lutas. Ou alguém já se esqueceu, por exemplo (são vários), do massacre de Eldorado dos Carajás, em 1996, durante os tempos sombrios de FHC?
Que a nossa indignação se transforme em força para seguir lutando por democracia e que, assim como o Elton, nós também estejamos dispostos a, se preciso for, darmos a vida por ela. Porque assim é para a vida de todos e todas.

Para Elton Brum

Funeral de um lavrador - Chico Buarque

sábado, 8 de agosto de 2009

Charge do dia

Ministério Público: Yeda integrava organização criminosa

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) divulgou, na madrugada deste sábado, trechos da ação civil pública por improbidade administrativa movida pelo Ministério Público Federal (MPF) contra a governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius. Segundo o documento, Yeda e outros oito réus integravam uma "organização criminosa".

sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Rosa de Hiroxima


"Pensem nas crianças mudas
telepáticas
Pensem nas meninas cegas
inexatas,
Pensem nas mulheres rotas
alteradas,
Pensem nas feridas como rosas
cálidas,
Mas não se esqueçam da rosa da rosa,
Da rosa de Hiroxima a rosa hereditária,
A rosa radioativa estúpida e inválida,
A rosa com cirrose a anti-rosa atômica,
Sem cor nem perfume sem rosa sem nada."
Vinícius de Morais

segunda-feira, 3 de agosto de 2009

Valeu à pena!

Há 1 ano e 10 meses atrás, na Ocupação que a União Nacional dos Estudantes (UNE) fez na Reitoria da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), eu comemorava, junto com outros estudantes que também defendem e lutam pela democratização da universidade pública, a aprovação do nosso projeto de adesão ao Reuni - programa de expansão e reestruturação das universidades federais do Governo Federal -, no Conselho Universitário da UFRGS. Hoje, no dia em que recebi o meu primeiro auxílio-transporte, fruto desta luta que travamos lá atrás, eu vejo com mais clareza o quanto está equivocada a opinião de determinados setores do movimento estudantil aqui da UFRGS que, tanto naquele momento como ainda hoje, se posicionam contra as políticas de democratização da Universidade brasileira.

Naquele momento, o objetivo da nossa ocupação não era o de pressionar para que os conselheiros membros do Consun aprovassem o Reuni - até porque o projeto só não recebeu o apoio dos conselheiros do DCE da UFRGS. Ocupamos a Reitoria para impedir que a votação do plano de expansão e reestruturação da UFRGS fossê boicotada por alguns segmentos do movimento estudantil alinhados com a posição do DCE e, portanto, contrários à adesão da UFRGS ao Reuni. Felizmente, a nossa Ocupação garantiu que a UFRGS aprovasse um projeto de expansão que, dentre outras conquistas, vai ampliar em 34% as vagas oferecidas até 2012, criará novos cursos e, do ponto de vista das políticas de assistência estudantil, garantirá a construção de um novo restaurante universitário no Campus do Vale e reforma nos já existentes, e a construção da Casa do Estudante do Campus do Vale e reforma nas já existentes. Além disso, o nosso projeto possibilitou a criação do programa de auxílio-transporte para os estudantes que moram nas casas de estudante e na região metropolitana de Porto Alegre, assim como eu, que hoje já recebo o benefício.

O principal argumento destes setores do movimento estudantil para criticar o Reuni é de que a expansão que esta sendo implementada compromete a qualidade acadêmica. Ora, qualidade pra poucos, é isso? Enquanto centenas de jovens, excluídos do espaço acadêmico, morrem todos os dias nas periferias brasileiras? Enquanto todo o povo brasileiro soa a camisa e paga os seus impostos para financiar a Universidade Pública para que apenas uma minoria social desfrute dela? Além disso, quem garante a esta parcela de estudantes que a expansão prejudica a qualidade acadêmica? No projeto da UFRGS, por exemplo, a expansão de vagas vem acompanhada (além da ampliação das políticas de assistência estudantil, que me referi anteriormente) da contratação de docentes e servidores técnico-administrativos, bem como da ampliação do seu espaço físico. E neste ponto, é engraçado ouvir determinadas forças políticas do ME argumentarem que o Reuni é a "enturmação do Lula". Pera aí, povo...eu já posso dizer que tenho alguma experiência em "passar em sala de aula" e posso afirmar que tem muito espaço ocioso na UFRGS, que a universidade poderia gerir melhor. Ou seja, a questão do espaço físico é um problema de gestão da universidade, e não do programa de expansão. Nisso tudo, eu só consigo concluir que o que fica explícito é a posição conservadora deles. Às vezes, fica a impressão de que estes segmentos não compreenderam que está em nossas mãos, ou seja, nas mãos de toda a comunidade acadêmica garantir a plena implementação do Reuni, garantir que todo o projeto de expansão se torne realidade. Falta compreender, por exemplo, a dimensão que um auxílio-transporte de R$ 57,50 tem na vida de um jovem que já faltou aula por não ter dinheiro para pagar a tarifa do ônibus.

É por isso que, passados quase dois anos desde a aprovação do Reuni na UFRGS, eu só posso dizer aos que verdadeiramente lutam pela radical democratização da Universidade brasileira, especialmente à galera que tá nas fotos, que ter ocupado a Reitoria da UFRGS em defesa do Reuni, simplesmente, valeu à pena!
E assim retorno ao meu universo.
Caminhem na luz!

quinta-feira, 18 de junho de 2009

quarta-feira, 17 de junho de 2009

Oração de São Francisco

"Senhor, fazei-me instrumento de vossa paz.
Onde houver ódio, que eu leve o amor;
Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;
Onde houver discórdia, que eu leve a união;
Onde houver dúvida, que eu leve a fé;
Onde houver erro, que eu leve a verdade;
Onde houver desespero, que eu leve a esperança;
Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;
Onde houver trevas, que eu leve a luz.
Mestre, fazei que eu procure mais
Consolar que ser consolado;
Compreender que ser compreendido;
Amar, que ser amado.
[...]"

terça-feira, 16 de junho de 2009

A Grande Família!

Estou muito feliz e emocionado! Ontem, a minha filha Anita - minha cachorra linda e querida - deu a luz aos 13 cachorrinhos mais lindos do mundo - tolerem os exageros de um vovô coruja. A minha pequena - nem tão pequena, é verdade - agora é mamãe. O Lucky, meu outro filho e pai dos meus netinhos fofos, tá todo orgulhoso, mas não mais do que eu estou, acreditem! Agora somos uma grande família.

Além de compartilhar com vocês este momento de muita felicidade, aproveito para informar aos que têm interesse em adotar um dos meus netinhos que a condição para isso é o compromisso de dar-lhes muito amor e carinho. Eu garanto a vocês que eles farão o mesmo!

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Charge do dia


Da observação

"Não te irrites, por mais que te fizerem...
Estuda, a frio, o coração alheio.
Farás, assim, do mal que eles te querem,
Teu mais amável e sutil recreio..."

Mário Quintana

O Salto



O Rappa

"Olho por olho, e o mundo acabará cego."

"Você deve ser a própria mudança que deseja ver no mundo."

Gandhi

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Um (incompleto) balanço geral.

O meu final de semana foi relativamente tranquilo. O "incompleto" no título deste post refere-se ao fato de que eu vou ignorar as situações que perturbaram a minha tranquilidade na descrição do balanço geral. Dito isto, vamos ao que interessa...

No sábado, acordei às 11h (e ainda me sentia sonolento, rs). Tomei um banho quente e um bom chá de camomila e aí sim me senti preparado para começar o dia. De tarde, depois de resolver um problema que tinha pendente, me encontrei com a Tâmy. Tínhamos combinado de tomar um chimarrão na Redenção e trocar umas ideias. Lá, acabamos encontrando a Flavinha, minha querida amiga da UJS, e o Márcio, militante do PT e grande lutador da causa anti-racista. Chimas, risadas, quentão, mais risadas, ideias, mais risadas...o nosso fim de tarde juntos foi realmente divertido. Valeu muito à pena! Voltei pra casa em paz!

Chegando em casa, assisti novamente o filme "Gandhi", que narra a história deste grande líder que marcou o século XX na luta pela tolerância religiosa, pela auto-determinação e soberania das nações, por um mundo de paz e justiça social. Preciso dizer que, mesmo assistindo ao filme pela segunda vez, fiquei profundamente emocionado com a história de vida de Gandhi e com todo o processo de independência da Índia. Fica, aos que ainda não viram o filme, mais essa sugestão.

No domingo, passei o dia estudando para as provas finais do semestre e, de noite, assisti ao Acústico MTV do Rappa, uma das bandas brasileiras da atualidade que eu mais admiro. O show é simplesmente sensacional: o cenário marcado por expressões da arte urbana, do graffiti, da cultura hip-hop; a sonoridade excepcional do Rappa; a diversidade de instrumentos; a emocionante performance do Falcão; as letras que fazem uma firme defesa dos interesses da classe trabalhadora e de valorização da cultura da periferia; enfim, o show é uma verdadeira celebração da diversidade! Terminei o meu final de semana assim, em clima de celebração!

É isso amigos! Que venha a semana de novo!

Força a todos e todas!

quinta-feira, 4 de junho de 2009

jamais deterão

"Os poderosos podem matar uma, duas, até três rosas, mas jamais deterão a primavera"

Che Guevara

Vitória histórica!

Hoje é um dia de comemoração para todos os que lutam pela auto-determinação dos povos, por igualdade e justiça social. A Organização dos Estados Americanos (OEA), revogou, após 47 anos, a expulsão de Cuba da instituição. Apesar da persistente resistência dos Estados Unidos, a união dos povos latino-americanos garantiu a reparação dessa injustiça histórica.

E já que é pra comemorar, separei um vídeo com alguns discursos do grande líder da Revolução Cubana, nosso querido comandante Fidel Castro, em diferentes momentos da história da Ilha socialista. Vejam, é lindo!





quarta-feira, 3 de junho de 2009

Pra "filosofar"...

"O triunfo do despotismo é conseguir que os escravos de declarem pessoas livres."
Isaiah Berlin, filósofo letão

terça-feira, 2 de junho de 2009

HOT AS ICE



















COLD AS FIRE - HOT AS ICE

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Pra semana começar bem...

Já que dormi ao som dele e acordei renovado, melhor repetir a dose para que a semana seja de renovação...

"Ojalá que las hojas no te toquen el cuerpo cuando caigan
para que no las puedas convertir en cristal.
Ojalá que la lluvia deje de ser milagro que baja por tu cuerpo.
Ojalá que la luna pueda salir sin tí.
Ojalá que la tierra no te bese los pasos.

Ojalá se te acabé la mirada constante,
la palabra precisa, la sonrisa perfecta.
Ojalá pase algo que te borre de pronto:
una luz cegadora, un disparo de nieve.
Ojalá por lo menos que me lleve la muerte,
para no verte tanto, para no verte siempre
en todos los segundos, en todas las visiones:
ojalá que no pueda tocarte ni en canciones

Ojalá que la aurora no dé gritos que caigan en mi espalda.
Ojalá que tu nombre se le olvide a esa voz.
Ojalá las paredes no retengan tu ruido de camino cansado.
Ojalá que el deseo se vaya tras de tí,
a tu viejo gobierno de difuntos y flores."





Ojalá - Sílvio Rodriguez

Renovado!

Ontem, eu tirei o dia pra descansar. A última semana foi bem desgastante pra mim. Ocupei as poucas horas livres que tive estudando para duas provas decisivas e, por sinal, bastante difíceis da faculdade (uma de Sociologia Contemporânea, sobre Parsons e as teorias micro sociológicas, e outra de Epistemologia, sobre 11 autores, entre eles Bordieu, Focault e Popper). Passei praticamente todo o meu tempo livre estudando. Não estou reclamando, viu? Eu considero o conhecimento uma arma poderosa na luta pela libertação de homens e mulheres. Só tô constatando que fiquei bem cansado, rsrs! E ontem eu precisava repor as energias. E consegui.

Passei o dia inteiro debaixo das cobertas da minha cama. De manhã, estive acompanhado de um bom chá de hortelã e do livro do advogado criminalista norte-americano Phillip Margolin, chamado Ligações Poderosas (ainda estou lendo, depois comento...). De tarde, dei uma cochilada e quando acordei assisti o filme "Paradise Now" (que o meu amigo Diego, aqui da Secretaria da Letras me emprestou). O filme é sobre a questão Israel-Palestina e conta a história de dois amigos palestinos escolhidos para serem mártires em uma operação em Tel Aviv. Muito bom! Eu recomendo. De noite, pra dormir tranquilo, tomei um bom vinho tinto ao som de Sílvio Rodriguez. Nem preciso dizer como dormi bem, né?

Realmente acordei renovado...

Uma boa semana a todos e todas!

quinta-feira, 21 de maio de 2009

La maza



Silvio Rodriguez

Eletrizante!

Tenso, disputado, angustiante, eletrizante!

Acredito que essas palavras conseguem descrever o clima do jogaço de ontem, que garantiu a classificação do meu Inter para a semi-final da Copa do Brasil.

Eu confesso que o meu coração quase saiu pela boca depois do gol do Flamengo, mas em nenhum momento eu perdi a esperança na força que tem a nação Colorada!

Quanto à torcida rubro-negra, fica essa foto que eu roubei do blog da Soninha.

terça-feira, 19 de maio de 2009

"DA UNIDADE VAI NASCER A NOVIDADE!"


Manifesto

Manifesto do movimento "Da Unidade Vai Nascer a Novidade" - Um chamado ao movimento estudantil

"Pode chegar
Que a festa vai
É começar agora
E é prá chegar quem quiser
Deixe a tristeza prá lá
E traga o seu coração
Sua presença de irmão
Nós precisamos
De você nesse cordão..."
(Gonzaguinha)


O movimento estudantil brasileiro celebrou, nos anos de 2007 e 2008, uma sólida unidade a partir da qual a UNE pode protagonizar grandes campanhas e conquistar importantes vitórias, que são patrimônio de todos os estudantes brasileiros. Dois marcos históricos foram simbólicos desse momento: quando, em 1º de fevereiro daquele ano, reconquistamos o terreno que a ditadura nos tirou, e no 50º Congresso da UNE, quando milhares de estudantes debateram propostas para a educação e para o país e elegeram, a partir de uma ampla unidade, a nova diretoria da entidade. Um novo capítulo se abria, então, na história da UNE. Uma fase que nos exigiria maior maturidade, pois a unidade programática que forjávamos não se baseava simplesmente em composições, em espaços ou fóruns do movimento, mas, sim e fundamentalmente, era consolidada no cotidiano das lutas estudantis.

Era de conhecimento de todos que o momento político exigia também uma capacidade ímpar de apresentar formulações e proposições capazes de superar os desafios para mudarmos a cara da universidade brasileira e contribuirmos para o aprofundamento das mudanças em curso no país. Ao contrário do que alguns apontam por aí, essa tática não significa um adesismo a este ou a qualquer outro governo ou força externa ao movimento estudantil, mas consiste no caminho correto para materializar em conquistas concretas as bandeiras históricas da UNE.

Provas do êxito de nossas lutas, aconteceram mudanças profundas na universidade brasileira: a pauta deixou de ser apenas por mais financiamento para incorporarmos também a discussão do acesso e da permanência, da qualidade e da referência social, da garantia de mais direitos e conquistas para os estudantes. Avanços concretos, como a ampliação das vagas nas universidades públicas federais, o ProUni, o combate à lógica privatista da educação e o reconhecimento do dever do Estado em reparar as atrocidades cometidas contra o movimento estudantil pela ditadura militar foram atingidos.

Essa é a marca do último período - nunca uma gestão da UNE conquistou tanto e, talvez, nunca se exigiu tanto de uma diretoria da entidade. O estrato político do amadurecimento de quem esteve a frente deste processo esteve expresso no Projeto de Reforma Universitária da UNE, aprovado pela imensa maioria dos CAs e DAs presentes ao 12º Coneb.

Mas ainda será necessário muito mais. As conquistas devem aumentar nossa motivação e capacidade de mobilização. Para isto, um novo Congresso da UNE se aproxima e, com ele, faz-se necessário vislumbrarmos novos desafios para os estudantes brasileiros.

"Vamos levar o samba com união
No pique de uma escola campeã..."


Uma unidade programática não pode, de forma alguma, desconstituir a identidade de cada movimento e corrente política que a compõe. Aliás, a unidade consegue ser mais sólida e duradoura quando serve ao crescimento da representatividade de todos os que dela participam. Em última instância, o crescimento e o enraizamento desse conjunto de correntes é o que faz a UNE forte, unitária, coesa e presente em cada universidade.

Temos nome e independência. Somos diferentes. Mas, principalmente, somos capazes de reconhecer fortes elementos de convergência, que são razões para a ação comum. Talvez o elo central a unir nossas forças políticas no próximo período seja a disputa que se avizinha, em 2010. Mais do que uma eleição, tal evento será o desfecho de uma disputa política pelos rumos de nosso país – será a luta entre os que defendem os interesses do povo e a soberania da nação contra as forças neoliberais, representantes da banca internacional e defensores da submissão do país aos ditames das grandes potências capitalistas.

Nosso campo é o que busca criar as condições para enfrentar as dificuldades impostas pela crise capitalista e impulsionar as mudanças iniciadas em nosso país a partir da eleição de 2002. Para tanto, é fundamental não pulverizarmos esforços e mantermos a unidade para enfrentar os verdadeiros inimigos.

É neste contexto que a UNE se prepara para eleger uma nova diretoria. Acreditamos que tal realidade política deve estar presente nos debates do Congresso e refletida na próxima diretoria da entidade, buscando aglutinar as forças que compartilham dessas idéias - notadamente as juventudes do recém lançado Partido Pátria Livre (antigo MR-8), do Partido dos Trabalhadores, do Partido Democrático Trabalhista, do Partido Socialista Brasileiro, do Partido do Movimento Democrático Brasileiro e outras - num mesmo campo político.

Nesse momento, a nossa responsabilidade é apontar caminhos para que nossa entidade possa influir na realidade política do Brasil, contribuindo para impedir retrocessos e ajudando a estimular o ciclo de desenvolvimento aberto nos últimos anos.

No fundamental, esse desejo é coletivo e está expresso nas propostas levantadas por cada corrente que compõe a UNE. O momento, portanto, cobra maturidade. Exige capacidade para cimentar e ampliar nossa aliança, para renovar nossas lutas. A responsabilidade primeira para atingir tais objetivos é nossa e pretendemos cumpri-la exercitando a grande política – que exige a humildade para ouvir e assimilar opiniões, mas também a firmeza para superar dificuldades e apontar caminhos.

Caminhos que possam reafirmar a luta do movimento estudantil até aqui e, principalmente, dar um salto de qualidade capaz de materializar nossos ideais de transformação da educação e da realidade do país.

Movimento "Da Unidade Vai Nascer a Novidade"
Rumo ao 51º Congresso da UNE

Fonte: Vermelho.org.br

segunda-feira, 18 de maio de 2009

Charge do dia

Problemas

Todos nós somos afligidos por "problemas", uma palavra negativa que produz ansiedade e atemoriza, especialmente se indicar algo mais grave, abrangente e com possíveis repercussões de maior alcance. Como resolvê-los? Não existem, claro, receitas gerais, pois a infinitude de situações problemáticas irá sempre requerer soluções específicas. Mas, pelo menos, existem os conselheiros, aqueles que nos ouvem e podem, quem sabe, oferecer sugestões. A foto abaixo indica uma saída para situações como esta. Poderá não produzir soluções, mas pelo menos terão o conforto de encontrar alguém que traz solidariedade e simpatia aos que enfrentam problemas.
PS: em Sociologia, houve um tempo em que chamaríamos iniciativas como a mostrada na foto como uma "estratégia de sobrevivência". Mas outros chamariam, simplesmente, de "desespero".

Cruzes!



Roubado

"Noções

Entre mim e mim, há vastidões bastantes

para a navegação dos meus desejos afligidos.

Descem pela água minhas naves revestidas de espelhos.
Cada lâmina arrisca um olhar, e investiga o elemento que
a atinge.

Mas, nesta aventura do sonho exposto à correnteza,
só recolho o gosto infinito das respostas que não se
encontram.

Virei-me sobre a minha própria existência, e contemplei-a
Minha virtude era esta errância por mares contraditórios,
e este abandono para além da felicidade e da beleza.

Ó meu Deus, isto é a minha alma:
qualquer coisa que flutua sobre este corpo efêmero e
precário,
como o vento largo do oceano sobre a areia passiva e
inúmera..."

Cecília Meireles

Roubei do blog da Manu, rsrs (www.bolademeiaboladegude.blogspot.com).

quarta-feira, 13 de maio de 2009

Resistência Negra

Vi no blog da Soninha (www.coisasdesoninha.blogspot.com) e achei pertinente postar aqui também.

Mais uma sugestão

Aos que se interessam pelo estudo da sexualidade humana, trago como sugestão o livro "Trópico dos Pecados - Moral, Sexualidade e Inquisição no Brasil", do historiador Ronaldo Vainfas. Li o livro porque ele faz parte do programa da cadeira de História do Brasil que estou cursando. Confesso que ainda não conhecia o autor e, apesar de eu não concordar com todos os pontos de vista que ele apresenta, compartilho de muitas de suas conclusões.

Na realidade, o estudo não é sobre a sexualidade no sentido amplo do termo. Trata-se de uma análise acerca das práticas sexuais no período colonial brasileiro. No contexto do advento da modernidade, em que o sexo passa a ocupar o debate público, sobretudo na sociedade européia, e passa a se tornar uma prática obscena.

Um dos méritos do livro, na minha opinião, consiste na ruptura que o autor faz com a noção de que existiria uma mesma moral sexual para negros, índios e portugueses; homens e mulheres; hetero e homossexuais; demonstrando a multiplicidade de motivações e sentimentos de culpa que orientavam, condicionavam e reprimiam a expressão da sexualidade. Além disso, o livro é muito bem fundamentado em termos de fontes históricas.

Fica mais essa sugestão.

Saneamento Básico

Só pra dar um gostinho...

Sugestões

Aos apreciadores do cinema brasileiro, sugiro dois ótimos filmes que eu tive a oportunidade de assistir no último final de semana. O primeiro deles chama-se "Saneamento Básico", do cineasta gaúcho Jorge Furtado, filmado na cidade de Bento Gonçalves. Além de muito divertido e com uma atuação impecável do elenco (especialmente a performance da atriz Fernanda Torres), o filme nos leva a muitas reflexões sobre lealdade, participação política, a importância do cinema na formação humana, o valor das coisas simples da vida, etc.

A segunda sugestão é o filme "Desmundo", que aborda a questão da sexualidade, sobretudo a das mulheres, no contexto do Brasil colônia. O filme nos ajuda a compreender alguns elementos que explicam a condição de opressão das mulheres brasileiras atualmente e vários aspectos referentes à miscigenação do nosso povo.

Bom, se eu continuar escrevendo, vou acabar contando o filme pra vocês. De qualquer forma, as sugestões valem muito à pena.

terça-feira, 12 de maio de 2009

Charge do dia

Chuva e Risos


Acabei de chegar no Instituto de Letras da UFRGS. Ah é...esqueci que ainda não tinha contado as últimas novidades pra vocês. Pois é, consegui uma bolsa extensão aqui na Secretaria Geral do Instituto. Faz duas semanas. Está sendo bem legal, apesar de eu ainda estar em uma fase de adaptação no que diz respeito às minhas atividades aqui. O melhor de tudo são as pessoas que estou conhecendo. A maioria é muito divertida. As manhãs com elas são feitas de muita risada. A de hoje, especialmente, é feita de risadas, cafézinho novinho e a chuva abençoada que cai lá fora. Que continue assim: chovendo lá fora, enquanto rimos aqui dentro.

segunda-feira, 11 de maio de 2009

NILMARAVILHA

Megalítico


"[...] As pedras sempre nos acompanharam em nossa trajetória histórica. Foram nossas primeiras casas, nossas armas e utensílios primitivos, nossos primeiros túmulos. Eram estelas, marcos onde gravávamos nossos feitos e conquistas, nossos castelos e templos.

As civilizações que nos antecederam tinham estreitas ligações com elas, construindo monumentos que levavam centenas e centenas de anos para serem concluídos.

Os monumentos megalíticos, templos feitos de enormes pedras dispostas quase sempre em círculos, desafiam até hoje o conhecimento científico. O mais famoso destes é o Stonehenge, com pedras de várias toneladas, algumas com mais de quatro metros de altura. Um grande templo, que seria também - na opinião de muitos cientistas - um gigantesco computador, um grande observatório astronômico, cujas pedras alinhadas de forma engenhosa e sofisticada serviriam para observação dos corpos celestes. [...]"

Mário Scherer, À Pequena Bruxa

A fórmula está funcionando...

Lembram da equação do + e -? Está funcionando!

sexta-feira, 8 de maio de 2009

Pensamentos

"Tenho pensamentos que, se pudesse revelá-los e fazê-los viver, acrescentariam nova luminosidade às estrelas, nova beleza ao mundo e maior amor ao coração dos homens."

Fernando Pessoa

quinta-feira, 7 de maio de 2009

Eles lamentam????


"Nós lamentamos profundamente", afirmou a Secretária de Estado dos EUA, Hillary Clinton, sobre os bombardeios que ocorreram segunda-feira na região oeste do Afeganistão, na província de Farah. O ataque deixou mais de 100 civis mortos e destruiu praticamente toda a província.

Seria engraçado se não fosse trágico. Mas lamentar não trará de volta as centenas de pessoas assassinadas pelo exército estadunidense. Até quando isso vai durar? Eles vão dizer que lamentam até exterminarem os povos árabes?

segunda-feira, 4 de maio de 2009

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Pro dia nascer Feliz!!

PHOENIX


Aos Guerrilheiros e Guerrilheiras do Araguaia

"Verdes águas claras
do rio Araguaia
serpenteando selva 'dentro
altas barrancas debruçadas
às margens de um lado e de outro,
correm célebres contigo
estórias de um povo em pé.

Verdes águas revoltas
do rio Araguaia
levando terras do sertão
furiosa tormenta espraiada
nas matas de alta a baixo,
rebeldes seres armados
rompem noites d'escravidão!

Verdes águas rubras
do rio Araguaia
tingindo sangue em matagais
fortes grilhões rebentados
de um povo que se levanta
bravos guerrilheiros tombados
vida trazendo manhãs.

Claras revoltas águas rubras
do Araguaia
tempestuando nas multidões
imenso aluvião despejado
ao longo de norte a sul
libertária senda escavada
avança em terras do Brasil!"

por Loreta Valadares

quarta-feira, 8 de abril de 2009

segunda-feira, 6 de abril de 2009

O Segredo

"As coisas não têm sido as mesmas

Desde que você entrou na minha vida

Você descobriu o jeito de tocar minha alma

E eu nunca, nunca, nunca vou te deixar ir

A felicidade está na palma de nossas mãos

Levou muito tempo para compreender

Como poderia ser

Até que você dividiu seu segredo comigo

Algo está acontecendo

algo está acontecendo comigo

Meu amor tem um segredo

Você me devolveu o paraíso

Que eu achei que tinha perdido para sempre

Você me ajudou a encontrar as razões do porquê

Foi uma surpresa saber que você entendeu

Você sabia de tudo há muito tempo

O que eu nunca quis dizer

Até que eu aprendi a me amar

Por que eu nunca, nunca, nunca tinha amado alguém

Até que você dividiu seu segredo comigo"

Madonna - Secret

+ e -

Dividi o meu final de semana entre as comemorações aos 100 anos de glórias do meu Inter e construindo um planejamento de como eu quero, de acordo com as condições que limitam às minhas pretensões, que seja a minha vida daqui em diante. Hoje, eu comecei a pôr o plano em prática. E, felizmente, tá dando tudo certo.

Do sentido mais geral ao mais específico, acho que todos nós buscamos (ou deveríamos buscar) o equilíbrio. E é isso que norteou a construção do meu plano de como viver melhor. Percebi que precisava equacionar algumas coisas na vida.

De um lado, sobravam muitas coisas ruins e o procedimento para tentar solucionar a equação é viver com menos isolamento. Menos rotina. Menos nicotina e cafeína. Menos impulsos e, ao mesmo tempo, menos racionalidade. Menos passividade e menos conformidade.
No outro lado da equação é preciso acrescentar coisas boas. Estar mais próximo aos amigos. Ter mais criatividade e ser mais flexível. Beber mais chá de hortelã e mais suco de laranja com morango. Ter mais a postura de "pensar duas vezes antes de agir" e, ao mesmo tempo, ser mais coração. Ter uma vida com mais luta e ação.

Realizadas as devidas adições e subtrações, terei como provável resultado uma vida melhor, mais feliz, mais harmônica. Agora é torcer e lutar para que os meus cálculos me deêm os resultados que espero.

quinta-feira, 2 de abril de 2009

O tempo não pára

Acho que essa música consegue dizer muito do que eu quero dizer no momento.

Cazuza - O tempo não pára

De volta!

Só passei pra dizer que estou de volta ao meu universo. De volta ao nosso universo virtual, que nos permite criar e expressar nossos universos. Não quero falar sobre onde estive, o que fiz ou o que senti. As coisas boas de que meu universo falava no início do ano já não são tão boas assim. Mas tudo o que eu vivi me serviu de aprendizado. E o que estou vivendo, já aprendi como superar. Bem, basta que todos saibam que estou voltando mais forte, mais maduro e com mais vontade de viver.

quarta-feira, 1 de abril de 2009

"Quem te fala é o meu amor"


Mateus 25. 42-46

"Porque tive fome, e não me destes de comer, tive sede, e não me destes de beber; estando nu, não me vististes; enfermo, e na prisão, não me visistastes.
[...]
Então (deus) lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.
E irão estes para o tormento eterno, mas os justos para a vida eterna."

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009